ACIDENTEDE TRABALHO

O CASO É ESSE:

Você está no local de trabalho e cai de uma escada, que tinha defeito, por exemplo. Ou, ao voltar do almoço, no próprio local de trabalho, escorrega no chão liso e sem sinalização e se machuca com gravidade.

Agora imagine outra situação: no seu trabalho você necessita sair à rua fazer entregas e acaba sofrendo um acidente. Embora esteja fora do local de trabalho, em verdade você estava na rua a trabalho.

Ou ainda, em razão do tipo de trabalho que você realiza, você acabou desenvolvendo uma doença respiratória grave, uma lesão na coluna ou até depressão.

Casos como esses são muito comuns e, caso você tenha sofrido algo parecido, tem o direito de pedir  indenização pelas lesões que você sofreu, pelos danos estéticos, pela perda ou redução da sua capacidade de trabalho (permanente ou temporária) e pelo seu abalo psicológico (dano moral).

SÃO EXEMPLOS DE ACIDENTE DE TRABALHO

Os que acontecem durante a realização do trabalho, dentro ou fora da empresa.

Os que ocorrem durante viagens a serviço do empregador.

No trajeto entre a casa e o trabalho ou do trabalho para casa.

As doenças provocadas pelo trabalho.

O QUE EU DEVO FAZER?

Você precisa reunir as seguintes provas:

  • Carteira de trabalho
  • CAT (comunicação de acidentes de trabalho)
  • Documentos médicos (prontuários, receitas, atestados, declarações e exames)
  • Documentos do INSS
  • Testemunhas (tenha o máximo de informações possível sobre elas, como telefones, e-mail, endereço, RG e CPF, etc.)
  • Fotos e vídeos (do local de trabalho, do acidente, das lesões, etc.)
  • Comprovantes de despesas

PRAZO

Existe um prazo para propor qualquer tipo de ação; se ele for perdido, a vítima não pode mais pedir a indenização. Por isso, não deixe para última hora e venha conversar com a gente para saber mais sobre o seu caso.

VAMOS CONVERSAR?