ACIDENTE AÉREO

Mesmo num dos meios de transporte mais seguros, acidentes podem acontecer. Você se lembra do avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico em 2009, quando 228 pessoas morreram? Então, tragédias como essa acabam tirando a vida de muitas pessoas todos os anos, e envolvem não apenas grandes aeronaves, mas aviões menores e helicópteros. Nestas situações, é possível pedir, por exemplo, uma indenização por danos materiais (despesas médicas, pensão mensal no caso de morte ou perda ou redução da capacidade de trabalho, etc.), danos morais (tristeza pela perda de um familiar ou pessoa querida, trauma do acidente, etc.) e mesmo danos estéticos, no caso de a pessoa sobreviver ao acidente.

O QUE EU DEVO FAZER?

Para entrar como uma ação de indenização nestes casos, algumas provas são necessárias, como por exemplo:

  • Testemunhas (pegue o máximo de informações possível sobre elas, como telefones, e-mail, endereço, RG e CPF, etc.)
  • Fotos e vídeos (do local do acidente, das lesões físicas, etc.)
  • Comprovantes de despesas (despesas médicas, etc.)
  • Documentos médicos (prontuário, receitas, atestados, declarações e exames)
  • Documentos relativos ao trabalho da vítima (como carteira de trabalho e comprovantes de renda)

PRAZO

Existe um prazo para propor qualquer tipo de ação; se ele for perdido, a vítima não pode mais pedir a indenização. Por isso, não deixe para última hora e venha conversar com a gente para saber mais sobre o seu caso.

VAMOS CONVERSAR?