NEGATIVA DE SEGURO

Na hora de contratar um seguro, tudo é muito fácil e rápido, até que acontece algum problema e a seguradora, depois de pedir um monte documentos, acaba dificultando o recebimento da indenização ou então se nega a fazer o pagamento. Isso pode acontecer com variados tipos de seguros, como o de veículo, o de cargas e até com o seguro de vida e saúde (pense, por exemplo, na situação daquela pessoa que fazia parte de um seguro de vida em grupo, que pagou por anos, e que, ao sofrer um acidente e ficar inválida, recebe da seguradora a notícia de que não será indenizada em razão de algum detalhe do contrato).

Você já teve algum tipo de seguro negado?

Isso é, no mínimo, frustrante. Nesses casos, dependo do que aconteceu, você pode ter o direito de propor uma ação contra a seguradora para exigir na Justiça que ela pague a indenização prevista na apólice. E cuide com o prazo, pois nessas situações ele costuma ser bem menor que nas demais.

EXEMPLOS DE SEGUROS EM QUE PODEM OCORRER NEGATIVAS INDEVIDAS DE COBERTURA

Seguro de carga

Seguro de veículo

Seguro de imóvel

DPVAT

Seguro rural (agrícola, pecuário, etc.)

Seguro de vida e acidentes pessoais (coletivo ou individual)

O QUE EU DEVO FAZER?

Reúna as seguintes provas:

  • Documento em que a seguradora formalizou a sua negativa.
  • Boletim de Ocorrência (em casos de acidentes, roubos de carga, etc.).
  • Comprovantes de despesas (comprovante das despesas médicas, etc.).
  • Testemunhas (pegue o máximo de informações possível sobre elas, como telefones, e-mail, endereço, RG e CPF, etc.).
  • Fotos e vídeos (do local do acidente, das lesões físicas e dos danos causados ao veículo).
  • Documentos médicos (prontuário, receitas, atestados, declarações e exames).
  • Documentos relativos ao trabalho da vítima (como carteira de trabalho e comprovantes de renda).
  • Documentos do INSS.

PRAZO

Existe um prazo para propor qualquer tipo de ação; se ele for perdido, a vítima não pode mais pedir a indenização. Por isso, não deixe para última hora e venha conversar com a gente para saber mais sobre o seu caso.

VAMOS CONVERSAR?